De autoria dos vereadores Walfran Torres e Dr. Alonso Oliveira, o Projeto de Lei 278/13 que considera de utilidade pública o Instituto Amazônia Livre foi aprovado no Plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM) e a Lei Nº 1.801 de 29/11/2013 foi sancionada pelo prefeito em exercício de Manaus. 

O PL 278/13 considera de utilidade pública o Instituto Amazônia Livre (IAL) pela qualificação e expansão de sua oferta de serviços para sociedade. O Instituto Amazônia Livre (IAL) propõe, entre seus objetivos, desenvolver projetos de preservação e reflorestamento de áreas degradadas na Amazônia, programa de sustentabilidade ambiental e agroecológico, assistência social, cultural, econômica e educacional, com a finalidade de promover a inclusão socioambiental de indivíduos, famílias e comunidades na Amazônia.

O IAL também se preocupa com as questões voltadas para sustentabilidade, principalmente na Amazônia, considerada uma região rica em biodiversidade e bastante cobiçada.

Dr. Alonso destaca que o Instituto está credenciado para as pesquisas de créditos de carbono junto às instituições internacionais. Ele acrescentou ainda, que o Instituto realiza trabalhos no município de Borba, além de dar suporte para a comunidade do bairro de Educandos, da zona Sul, com trabalho ambiental. "Muito em breve o instituto será uma referência nacional", informou o parlamentar, ao observar que a aprovação do PL trará benefícios à instituição como a assinatura de convênios e, consequentemente, receberá recursos locais e internacionais.

LEI 1801 29.11.2013 29.11.2013 N. 3.302 Ano XIV PL – 278/2013 Ver. Alonso / Walfran

CONSIDERA de Utilidade Pública o Instituto Amazônia Livre (IAL).

Fonte: http://www.cmm.am.gov.br/cmm-aprova-pl-que-torna-o-instituto-esporte-verde-do-amazonas-uma-entidade-de-utilidade-publica/

Copyright © 2017 amazonialivre.org. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Visitantes Online

Temos 9 visitantes e Nenhum membro online